{Resenha} - Apenas um Ano - Gayle Forman


Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Paginas: 348
Avaliação: 3/5
Sinopse: Apenas Um Ano - Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu -mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta.




Olá, tudo bem?

Bem, a minha resenha é sobre “Apenas um ano” a continuação de “Apenas um dia”, tenho que confessar que a leitura da primeira obra foi bem mais emocionante, na verdade fiquei um tanto quanto decepcionada. Acredito que o motivo da minha desilusão foi que a segunda narrativa não se mostrou uma continuação, mas sim uma outra visão de uma mesma história. Isso implica dizer que temos total noção do final, já que ele não se difere do primeiro livro. 



É uma proposta interessante mostrar os dois lados da mesma história, mas eu não gostei. Acho que quebrou todo o suspense, já que existem momentos que Willem e Allysson estão bem próximos de se encontrar, mas não fiquei com aquele friozinho na barriga... porque indiretamente já sabia o que iria acontecer.

Apesar de tudo não me arrependo de ter lido a história de Willem, pois, é muito interessante, e pessoalmente achei ele bem mais profundo e cativante que a Allysson. Além de que, existe uma autodescoberta e uma mudança muito mais intensa em Willem do que em Allysson.

“Compreendi, naquele momento, que Lulu e eu tínhamos começado algo, algo que sempre quis, mas também algo que tinha medo de ter.”
Em relação as metáforas e as comparações, a escritora não me decepcionou, elas continuaram tão boas quanto as de “Apenas um dia”.

“[...] Lulu dissera outra daquelas coisa estranhas: “Escapei do perigo”. Ela fora enfática com relação a isso seus olhos tinham fogo, o mesmo fogo de quando ela ficara entre os skinheads e eu parecia uma coisa estranha a dizer. Até eu beija-la. E então eu senti tão visceral e tão envolvente como a água que me circunda agora. Escapar do perigo.”

Finalmente, digo que a obra é boa, mas de certa forma é monótona já que o final é o mesmo. A partir de outras resenhas soube que existe uma continuação, chamada “Just one night”, ainda não traduzida para o português, tenho interesse de lê-la com certeza.  

Beijos, espero que vocês tenham gostado da minha resenha, mesmo que ela esteja um pouco confusa...


Avaliação



By Beatriz Pereira


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...