{Resenha} - Emperor of Thorns - @DarkSideBooks

Autor: Mark Lawrence
Editora: DarkSide
Páginas: 528
Onde comprar: Aqui
Avaliação: 5/5 - Favorito
Sinopse: O mundo está dividido e o tempo se esgotou completamente, deixando-nos agarrado aos dias finais. Estes são os dias que nos esperaram por todas as nossas vidas. Estes são os meus dias. Eu vou estar diante da Centena e eles vão ouvir. Vou tomar o trono, não importa quem está contra mim, se vivo ou morto. E se eu devo ser o último imperador, farei disso um final e tanto.
A aclamada Trilogia dos Espinhos chega ao seu grande final, depois de termos acompanhado a dolorosa e supreendente infância e adolescência de Jorg Ancrath em Prince of Thorns e King of Thorns, com todo o brilhantismo, charme, violência extrema e total crueldade deste egomaníaco romântico. Conforme Jorg cresce, seu caráter muda e ele parece encontrar algum equilíbrio em suas tendências sociopatas. Em Emperor of Thorns, vamos novamente tomando contato com as atribulações de Jorg e sua fixação em conquistar o Império Destruído com saltos entre o presente e o passado, assim como Mark Lawrence já havia feito no volume anterior. Com isso, vamos descobrindo, desvendando e nos surpreendendo com o mundo onde a história se passa e com as saídas e escolhas nada tradicionais ou lógicas que Jorg se vê obrigado a tomar em seu caminho ao trono.Prince of Thorns, King of Thorns e Emperor of Thorns formam uma das trilogias mais importantes da nova geração, que chega ao fim de forma brilhante e imprevisível, ao mesmo tempo cruel e poética, uma obra-prima de um novo grande autor.


   Neste livro chegamos ao grande final, a jornada finalmente se mostrará exitosa ou não. Rei Jorg irá enfim se tornar imperador? Conseguirá ele destruir o Rei Morto e salvar o mundo do colapso? Te garanto amigo leitor que tudo isso é exposto neste livro.

   Como sempre temos acontecimentos do presente e do passado, no presente Jorg marcha com seus irmãos para a cidade de Vyene, para a reunião da centena que finalmente votara para eleger o novo imperador ou não! E cinco anos antes acompanhamos o jovem Jorg em sua jornada para Afrique, o olho dos construtores exibe um ponto vermelho nestas terras e a curiosidade de Jorg falou mais auto.

   Nessa jornada iremos conhecer a terra do fogo que queima sem ver (isso nos remete a algo nuclear) mais de uma vez iremos ver nosso protagonista escapando da morte, e sem dúvida nenhuma não hesitará em cortar a cabeça até mesmo de seus aliados, se isso for necessário para que ele siga em frente com seus planos.


   No presente Katherine mostra seus poderes dos sonhos, todas as noites ela vem invadindo e perturbando o sono de Jorg, mas uma noite ele resolve lutar e como arma ele usa suas próprias experiências, vai mostrar para ela uma de suas terríveis aventuras, um dos traumas afligidos a ele em sua infância.

   Essa parte é muito interessante e mostra como Jorg se tornou forte, contra tudo e todos, ele sempre perseverou! Só mesmo ele seria capaz de suportar a sua vida, inimaginável pensar em outra pessoa em seu lugar.

   Pasmem, mas a esposa de Jorg, Miana, está esperando um bebê e mesmo assim devido a alguns acontecimentos sinistros, ela vai viajar com ele rumo ao encontro com a centena.

   Outro ponto crucial é entender e perceber todos os detalhes da sua viagem para Afrique, as pessoas que ele conhece, principalmente seus inimigos. Veremos mais uma vez que nem tudo que previram sobre ele é de fácil compreensão, os “matemágicos” entenderam enfim que Jorg é uma conta muito complexa.

   Neste livro poderemos finalmente entender os desejos do Rei Morto, descobrir quem ele é e o que o levou a tentar dominar o mundo. Uma coisa eu digo, vocês irão ficar desconcertados ao lerem está revelação, guardem muito bem isso que eu digo.

Ascensão


   Estou me esforçando para não contar a história toda, acho que é de tamanha grandiosidade que cada leitor deve adentrar esse mundo sozinho. Vamos falar do mundo criado por Mark e sentimentos ao ler o livro.

   Tudo indica que a história se passa em um tempo distante pós terceira guerra mundial, um ponto onde a humanidade evoluiu muito e acabou quebrando os conceitos da física e isso mudou o entendimento das coisas que conhecemos, tornou o poder do “querer” muito mais forte. Neste mundo pós-guerra ainda é possível encontrar resquícios das tecnologias perdidas (Os Construtores), toda essa situação implícita é muito enriquecedora, faz com que o leitor mergulhe mais a fundo na história e tente compreender por vários ângulos o que o autor quis nos mostrar.

   Senti uma alegria imensa ao me deparar com este mundo, as ambientações, diálogos e lutas são muito bem construídos, me vi imaginando perfeitamente todo o cenário e as feições dos personagens.

   O final desta história me deixou boquiaberto, não queria acreditar que havíamos chegado ao fim, todo o caminho percorrido não poderia levar até aquele ponto! Mas passado o momento inicial de euforia, percebemos que o autor fez bem em terminar aqui, não seria necessário prolongar esta jornada.

   Finalizo a resenha dizendo que a Trilogia dos Espinhos faz parte daqueles livros que você deve ler antes de morrer, algo indispensável para os amantes de fantasia e aventura. Se você ainda não conhece algum anti-herói, venha conhecer e viajar com Jorg de Ancrath.

   Agradeço a oportunidade de ser parceiro da DarkSide Books, o acabamento e detalhes do livro são perfeitos, são livros que faço questão de mostrar e recomendar para meus amigos. Muito obrigado e que em 2015 tenhamos mais edições primorosas como esta.




Avaliação




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...