{Resenha} - Pólvora - Tico Santa Cruz - @belasletras

Autor: Tico Santa Cruz
Editora: Belas-Letras
Páginas: 168
Avaliação: 4/5
Sinopse: A novela policial originalmente publicada na internet com mais de 300 mil leitores. Pólvora é o livro proibido do roqueiro Tico Santa Cruz, definido pelo próprio autor como uma narrativa "psicótica, suja e violenta". Inicialmente escrito em capítulos curtos para postar em seu blog, em poucas semanas virou fenômeno na rede. Uma leitura intensa e chocante sobre terror e caos, hipocrisia e preconceitos, política e serial killers. Mas, acima de tudo, sobre o lado mais sombrio de cada um de nós. 





Livro cedido em parceria com a Editora.


Após ter concluído a leitura de pólvora precisei de alguns dias para me recompor e resenhar essa história da qual eu jamais esquecerei. Até porque não é todo dia que sabemos que alguém teve a cabeça do pênis decepada por uma dentada. Sim! É uma leitura chocante só indico para pessoas fortes e ao mesmo tempo sensíveis.



Lore como era chamada era praticamente uma ninfomaníaca que sentia imenso prazer no sofrimento alheio. Isso talvez foi o que mais me atraiu pela história, essa forma louca de Lore de enxergar o mundo. Ela é uma mulher vistosa, uma enfermeira inteligente que tomada por um ódio incontrolável de um político famoso, que vira a abusar dela em sua adolescência e ainda abandona sua família após a morte injusta de seu pai que era seu braço direito é compelida a fazer atrocidades em nome de justiça.  

“Trocamos telefones e acabou indo parar em sua casa cinco dias depois. Ela foi parar em cima de mim e metemos muito, metemos de verdade, metemos sem parar e metemos, metemos e metemos. Uma imagem de Jesus Cristo me incomodava. Não a imagem necessariamente mais o local em que ela estava. Quando perguntei a Lore o porquê daquela arte no meio do seu quarto ela foi categórica. “

"O sofrimento me excita." 

Quando peguei esse livro o que me chamou a atenção de cara, despertando uma imensa curiosidade foi sobre o que o musico Tico Sta. Cruz escreveria, que tipo de ideias ele poderia expor para milhares de leitores.  Não posso negar que livros do gênero suspense, drama e principalmente ficções de serial killer me atraem. Não que eu goste de saber das mais absurdas formas a qual personagens, feito Lore, pensam e agem friamente ao tirar a vida, as vezes, de pessoas inocentes. É que na verdade me abrem uma visão mais firme e talvez fria sobre o ser humano.

O Autor foi categórico e em algumas páginas, fez denúncias políticas e nos desperta sobre quem são e o que fazem alguns de nossos governantes por traz de seus cargos, claro sem generalizar.

Pra concluir foi uma aventura e tanta, me senti o tempo todo dentro do carro deles como se eu estivesse calada e apenas seguindo seus passos observando cada crime cometido, cada roubo, cada transa. Uma mera expectadora!

Ao autor meu muito obrigado por essa adrenalina. 

Obs: Esse livro virou tema de trabalho acadêmico no meu curso de psicologia na Universidade UNIPÊ.

Avaliação


By Fernanda Neves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...