{Resenha} - O Oitavo Pecado - Adriana Vargas

Autora: Adriana Vargas
Editora: MODO
Páginas: 228
Avaliação: 3/5
Sinopse: O que se faria por amor? Um anjo caído em busca de seu grande amor... Alguém terá que pagar por isso... Somente o mais forte sobreviverá. Henaph nasceu com a missão de guardar o Jardim, porém, ao se deparar com o seu Mestre de ensinamentos, Deus Hermes, que a prepararia para a sua missão, abdicou de tudo, até mesmo de sua imortalidade para viver este grande amor, cometendo o Oitavo Pecado, em nome de uma paixão, porém, ao conhecer Minos, o rei de Creta, se envolve em um instigante triângulo amoroso; nas malhas de uma paixão proibida, que a obrigará a fazer uma escolha entre o verdadeiro amor, ou volta da imortalidade. Entre a missão e a paixão, Henaph precisará fazer uma escolha... O que ela escolherá? 

Livro cedido em parceria com a Editora.

Olá Pessoal, tudo bem com vocês?! Já faz um tempinho que apareci por aqui, mas prometo não demorar tanto assim novamente. kkk

Mas enfim, vamos ao que interessa. Hoje vim resenhar um livro brasileiro “O Oitavo Pecado” da Adriana Vargas, publicado pela editora MODO, tanto a autora quando a editora são ambas parceiras do blog!! 


O livro gira mais em torno de Henaph, uma criatura que eu  diria ser bastante diferente na sua personalidade. Ela já nasceu adulta, mas com uma mente de criança. Nasceu com um proposito, uma missão. Mas como uma pessoa com a mentalidade tão nova ou talvez até “ignorante” das coisas ao seu redor, pode ter certeza do que quer, ou do que é certo a fazer?!  Ela sabe que tem que cumprir o seu dever, mas todo o mundo ao seu redor, sua grandeza, suas peculiaridades, e principalmente  sua curiosidade a faz desviar desse caminho e lamentavelmente pecando, e nem mesmo o Deus Hermes, que a ajudou tanto desde o seu nascimento pôde mudar este fato. Só resta a ela agora, tentar crescer e amadurecer com as consequências que as suas atitudes lhe trouxeram, ser cautelosa para não cometer mais erros, e confiar no seu novo amigo e protetor Minos. 

A primeira vista o livro mostra ser bastante diferente do qual estou acostumada. Ele traz como gênero a mitologia, um gênero que posso dizer que faz bastante tempo que não leio. Ele tem uma escrita bastante rebuscada, e mesmo entre os personagens as conversas soam bastante formais. E isso meio que acaba transformando a leitura um pouco cansativa, mas é só questão de se acostumar porque depois a leitura passa em um piscar de olhos. O que vale lembrar, que quando vocês forem ler “O oitavo pecado” leiam com bastante atenção e se apeguem a cada detalhe, pois são muitos acontecimentos a cada momento e tudo passa de maneira bastante rápida, e se você não perceber vai acaba se perguntando como aconteceu determinada coisa.

Sobre os personagens, A Henaph, me desagradou bastante, não me cativou mesmo, como a Adriana mesmo fala antes do começo do livro, que ou você vai adorar ela ou não, e comigo foi assim, não consegui gostar dela, talvez pela inexperiência demais, sua curiosidade ou o seu egoísmo. Já Hermes, adorei, já li muitos livro que falam sobre ele e nunca me desagrado, gostaria até que tivesse tido um pouco mais sobre ele. Agora o Minos,eu não tenho muito uma opinião formada sobre ele, ao ver ele no decorrer da leitura ele é um “moçinho bonzinho” e isso não muda muito até ao final, mas sei lá, gostaria de ter tido mais pronunciamentos deles em certas ocasiões que foram de fundamental importância para o livro, partes que faltaram mais explicações eu acho. 

Enfim gente foi isso. Adorei o livro, foi uma experiência ótima, me pegou de surpresa mesmo, mais uma vez os escritores brasileiro arrebentando :D. Espero que talvez, venha um para sabermos mais sobre Henaph, como está indo a vida dela com suas missões. 

Espero está aqui em breve :) 

Avaliação


By Camyla Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...