{Resenha} - O Maníaco do Circo - Leonardo Barros

Autor: Leonardo Barros
Editora: Edição Independente
Páginas: 293
Amazon: Aqui
Sinopse: O Maníaco do Circo” aborda o tema da psicopatia, da fobia, e conta a história de Renato, uma criança com personalidade psicopata que, através de sonhos e alucinações, constrói um mundo mítico onde os palhaços são manifestações materiais de um demônio. O garotinho cresceu e se tornou um homicida missionário. Sua missão: tentar purificar as almas possuídas por esse demônio, ou livrar o mundo de sua ameaça. O leitor vai acompanhar a gênese da loucura, a espontaneidade da primeira execução e a necessidade que o psicopata tem de dar continuidade a uma sina mórbida, tão necessária para ele quanto o próprio ar. Até que a história se complica com o aparecimento de um criminoso, apelidado de “Maníaco do Circo”, que assola a cidade, deixando todos perplexos com a sua crueldade. Quem é o Maníaco do Circo? Quem se esconde por trás da maquiagem de palhaço? Esse mistério, somente você poderá desvendar! 


Será que um trauma de infância pode mudar toda a sua vida futura?

Leonardo Barros nos leva em uma viagem pela psique humana, um passeio no mundo dos esquizofrênicos e psicopatas.

No início da história vemos o primeiro assassinato, Penélope, uma jovem de apenas 15 anos foi atacada, violentada e morta por um homem com o rosto pintado de palhaço.

Logo em seguida voltamos no tempo e somos apresentados ao jovem Renato. Nesta época com apenas 12 anos, Renato era asmático, franzino e ridicularizado pelos colegas de escola, sua mãe Jaciara o achava um peso, uma cruz que ela tinha que carregar.


Jaciara não media esforços para manter seus vícios e conseguir algum dinheiro a mais ou simplesmente ter uma noite de prazer. Imaginem como fica a cabeça de uma criança vivendo com uma mãe dessas.

Mas o pior estava por vir, Renato tinha pesadelos horríveis com palhaços demoníacos, dragões de fogo a fada alva, e para piorar tinha um lustre com figuras de palhaços! Agora me digam como dormir aterrorizado assim?

Mas Jaciara achava que um tratamento de choque poderia acabar com a "frescura" do filho. Em uma noite que Renato estava com a luz do quarto acesa por medo, Jaciara se enfureceu e pegou o filho e o amarrou a um boneco grande e feio de palhaço, Renato dormiu ali sentado e abraçado com o seu pior pesadelo.

Certo conhecemos o primeiro traumatizado da história, mas não o único, em outro local a garotinha Brenda, de apenas 8 anos, iria ter sua festinha de aniversário em seu apartamento, o pai dela era rico e tinha medo que algo pudesse acontecer em um local aberto.

Tudo corria bem até a chegada dos três palhaços contratados para animarem a festa, eles estavam pintados em tons de azul, lilás e verde piscina, nada usual para palhaços. Mas as crianças não ligaram para isso, os três se apresentaram como: Azarento, Má-Sorte e Pé-Frio.

Todos se divertiam e até os seguranças foram envolvidos na brincadeira, foi ai que tudo aconteceu, os palhaços sacaram seus revolveres e mataram os dois seguranças, renderam todos e sequestraram a pequena Brenda.

Mais uma criança traumatizada por palhaços, mas quem afinal de contas irá se tornar "O Maníaco do Circo"? Não irei me aprofundar mais nos detalhes, vocês deverão ler e descobrir sozinhos.

Digo a vocês que mais assassinatos irão acontecer, não somente de crianças, mas também de homens e mulheres. Renato se torna farmacêutico e se envolve na fabricação de ecstasy, seus pesadelos tornaram-se alucinações e agora tomaram o formato religioso, relacionados a Ogum e Oxum, aspectos do Candomblé ligados aos pensamentos loucos de Renato.

Algo que Leonardo fez e que nos faz ter atenção na leitura é mesclar o tempo e personagens diferentes nos parágrafos, sem ter que criar um capítulo para essa mudança. Isso me deixou bem concentrado na leitura e me agradou bastante.

As investigações dos assassinatos também é algo a parte, os detetives se mostram bem empenhados em desvendar os assassinatos, mas ao mesmo tempo eles se mostram bem frustrados por seguirem as pistas e darem de cara com um beco sem saída.

Ao chegarem no final da leitura vocês verão que tudo faz sentido, todas as peças se encaixem e vocês pensaram um pouco mais sobre os mistérios da psique humana, as pegadinhas que a nossa mente nos prega.

Uma obra que me agradou muito, se você acha que tem medo de palhaços e não conseguirá ler este livro, esqueça isso e encare seus pesadelos, mostre que você é sagaz e vai conseguir superar suas fraquezas.

Desejo a você amigo(a) leitor um excelente leitura e sonhos maravilhosos!

Obrigado Leonardo Barros pela confiança e pela obra excelente.












Ilustrações de Leonardo Barros



Avaliação




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...