{Resenha} - Espíritos de Gelo - Raphael Draccon

Autor: Raphael Draccon
Editora: Leya
Páginas: 176
Sinopse: Um homem acorda acorrentado com os braços para cima em uma sala escura, com dois torturadores vestidos com detalhes masoquistas ao lado e um interrogador baixinho, vestido com roupas sociais e uma camisa surrada do Black Sabbath. Eles o informam que ele acordou em uma banheira sem um rim e sofreu um choque amnésico, que o impede de lembrar os detalhes. Assim sendo, eles partem do princípio de que outros choques traumáticos podem desbloquear essas memórias, se necessários. E se iniciam as piores partes. O livro faz referências à lenda urbana da banheira de gelo, às lendas ao redor da história do rock’n roll e até às motivações e psicologia ao redor da criação de lendas urbanas.




Logo de cara nos agradecimentos eu já adorei o livro, vejam o porquê:

"A Stephen King e ao palhaço Pennywise, por terem ensinado a uma criança o que é o terror" 

Como vocês já viram na sinopse, o cara acorda amarrado, pendurado, todo dolorido e cercado por três capangas. Dois desses capangas estão mascarados e o terceiro, um baixinho mal encarado usando uma camisa do Black Sabbath.


Imaginem o desespero desse homem! O "baixinho" queria saber como ele havia chegado até aquele ponto e como ele havia ido parar em uma banheira cheia de gelo, com hipotermia e sem um rim.

Claro que o homem não sabia, ou pelo menos pensava que não sabia, e a cada negativa os dois encapuzados o espancavam, porrada, taco de beisebol, soco inglês, tudo o que possa imaginar para tortura. A pergunta era simples: "Como você veio parar aqui, o que aconteceu?"

Aos poucos o homem vai se lembrando e começa a relatar o que havia acontecido anteriormente, ele se lembrava de ter conhecido uma mulher estonteante, o nome dela é Mariana! E então conseguimos a primeira informação.

Mas os carrascos queriam mais e para isso iniciaram mais uma sessão de torturas, o baixinho dizia que era apenas um tratamento para liberar a memória bloqueada. E que tratamento em pessoal!

O homem vai contar como conheceu Mariana, claro que depois de muita tortura, ia me esquecendo de mencionar que o local onde eles estavam era úmido, escuro, pequeno, parecia que nunca mais ele sairia dali.

Agora chega de falar dos detalhes do enredo, já deu para vocês terem uma ideia de onde iremos chegar. Vou contar apenas mais alguns detalhes e convido vocês a desvendarem toda essa loucura, é algo que temos que ler para entender.

O cara conta que se envolveu em uma ceita religiosa maluca, onde através do sexo eles conseguem o poder. São inúmeros acontecimentos e muitas revelações até entendermos o porquê disso tudo, a história que Raphael Draccon criou é muito louca, no bom sentido é claro, todo esse sadismo envolvido, cenas quentes de sexo, lendas do rock, mistério, tudo de uma maneira a nos prender na leitura.

Ficamos a cada momento torcendo para que o cara se lembre de tudo e pare de apanhar, tem um momento que pegão um martelo de amaciar carne e simplesmente detonam o dedo mindinho dele, uma pancada terrível. O final me agradou bastante, conseguimos enfim entender o que significa tudo aquilo e qual era o propósito disso tudo.

Quero agradecer ao meus amigos Renan Fredrich e Gabi Gauna por terem me presenteado com este livro, ter amigos que te dão livros de presente é tudo de bom. Foi o primeiro livro que li do Raphael Draccon e gostei bastante, recomendo a leitura.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...