{Resenha} - Esconda-se - Lisa Gardner

Olá amigos leitores como vocês estão? Muitos livros lidos já este ano? Eu acabei de ler mais um livro policial e tenho que dizer: A cada livro lido desse gênero, eu gosto mais. Desta vez foi o primeiro livro da Lisa Gardner que li, tenho outro livro dela em casa mas não sei porque ainda não li, mas agora vou querer lê-lo o quanto antes, confiram a resenha e entendam o porque da minha excitação com esta escritora.


Autora: Lisa Gardner
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400
Sinopse: Uma mulher que foi obrigada a fugir — desde criança— de uma possível ameaça. Uma ameaça que seu pai via em todo lugar, mas que a polícia nunca considerou. Um antigo e desativado sanatório para doentes mentais que pode ter muito mais a esconder entre suas paredes do que homens e mulheres entorpecidos por remédios. Uma história de rancor entre membros de uma mesma família que nunca conseguiram superar os episódios de violência doméstica que presenciaram. Um pingente que foi parar em mãos erradas — e a cena de um crime brutal: seis meninas mortas e mumificadas há mais de trinta anos. Agora, cabe à famosa detetive D.D. Warren descobrir quem foi o serial killer que cometeu esta atrocidade e que motivação infame deformou sua mente. Acompanhe D.D. Warren na solução de mais este complexo caso e encontre o inimaginável que está por trás de pessoas aparentemente comuns! 

Nesta história intrigante somos logo apresentados a família Granger, que em um belo dia decide simplesmente abandonar Boston, mudar de cidade, de nome e sumir do mapa.

Annabelle tinha apenas sete anos quando seu mundo virou de pernas para o ar. Ela não entendia o que estava acontecendo, simplesmente obedecia seus pais. Vários estados depois, muito nomes diferentes, escolas e amigos deixados para trás e seus pais há muito falecidos. Ela simplesmente continuou fugindo, não sabia o que temer mas sempre seguiu o que seu pai lhe ensinou:

“- Você não precisa gostar do sistema – ele me explicou – Não precisa acreditar nele, nem concordar com ele. Mas precisa compreendê-lo. Se conseguir compreender o sistema, vai sobreviver. Uma família é um sistema.” 

Mas novamente tudo iria mudar, Annabelle vê noticiado na tv a sua “morte”. Seu nome aparece dentre os seis corpos de garotas encontrados em um espécie de cova, muito bem elaborada, no terreno abandonado de um hospício em Mattapan.

Neste ponto iremos conhecer os responsáveis pelo caso, a detetive D. D. Warren e seu amigo e detetive estadual Bobby. Eles já haviam visto um crime com este mesmo modus operandi, mas no caso já conhecido a garota, Catherine Gagnon, sobreviveu e seu sequestrador foi preso. Mas surge uma pergunta:

“Os casos tem alguma ligação?”

Annabelle vai em busca dos detetives, ela precisa contar que está viva, nem que isto signifique se revelar!

O caso é simplesmente horrendo, os seis corpos das garotinhas foram encontrados neste fosso, muito bem preparado, espaçoso e bem escondido e onde provavelmente o agressor manteve suas vítimas vivas por vários dias. Os corpos estão em estado de mumificação molhada, dentro de sacos de lixo em cima de uma estante de metal, 3 sacos em cada prateleira, algo horrível de se ver.

Isso é apenas o início de uma investigação alucinante, Bobby e D. D. não descansarão até encontrar o culpado. A cada passo mais e mais perguntas surgem, pouquíssimas respostas aparecem e tudo ainda se torna mais confuso quando Annabelle aparece.

Ao ouvirem sua história de vida e descobrirem que um dos corpos é o de sua melhor amiga Dori, os detetives se perguntam: Do que será que seus pais fugiam? Será que o pai de Annabelle sabia de alguma coisa?

O livro nos prende e nos faz pensar em todas as questões levantadas, vamos criando suspeitos em nossa linha de raciocínio. Será que foi alguém do hospício, afinal os corpos são antigos? Será que foi algum amigo do sequestrador de Catherine? Ou apenas um imitador?

Adoro histórias que nos forçam a pensar, torcemos para que os detetives consigam solucionar o caso o quanto antes. Um ponto em que piramos e as ideias começam a dar um nó, é quando tudo indica que o assassino está de volta e quer D. D. e Annabelle!

Se você gosta de um thriller policial bem escrito, você não pode deixar de ler este livro. Não vejo a hora de ler uma nova história da escritora Lisa Gardner. Garanto que todos irão se surpreender com o final e vão adorá-lo.

Resenha feita em parceria com o Arca Literária através do book tour deste livro.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...