{Entrevista} - Fernanda Saads

    Hoje é dia de Entrevista aqui no Leitor Sagaz, acho que todo mundo já conhece ou já me viu falar da Fernanda Saads, ela é minha conterrânea Paraibana. Sou uma fã de carteirinha do seu trabalho e sempre que posso estou aqui fazendo divulgação dos seus livros. Hoje mais uma vez ela me cedeu um pouco do seu tempo que é muito corrido e respondeu algumas perguntinhas e falou um pouco sobre seu trabalho.



 Fernanda Helane Oliveira Saads nasceu em 24 de Maio de 1981. É formada em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Paraíba. Mora em João Pessoa com o marido e a filha de quase três anos.    Escreve, trabalha em um banco, malha, tenta ser saudável, gosta de seriados românticos, de filmes de terror, de chick lits e de gente bem humorada. Odeia passas e frutas cristalizadas, gosta de romances, sol e perfumes frutas.



1. De onde surgiu a ideia de escrever um livro? Você Teve a influência de alguém?

Quando era mais nova, escrevia contos e poesias. Meus amigos liam e gostavam. Depois comecei a ler romances e senti vontade de escrever o meu. Em 2005 escrevi um livro que nunca publiquei, chamado A arte do encontro. 

2. Dizem que conhecemos uma pessoa pelos livros que ela lê. Então me diz, qual livro está na sua cabeceira no momento?

No momento estou lendo Azul da Cor do Mar, Marina Carvalho.

3. Quais são seus autores favoritos?

Sophie Kinsella e Emily Giffin.

4. O que te da inspiração para escrever um texto. E quando isso acontece, onde você costuma escrever?Algum cantinho favorito?!

Qualquer situação engraçada que aconteça ao meu redor, ou até trágica pode me inspirar. Mas não tenho nenhum lugar favorito não. Só precisa estar tranquilo e confortável.

5. Sobre a Laura Lucy. De onde conseguiu tirar uma personagem tão diferente e animada como a Laurinha?

Devo confessar que me vejo muito nela. Hahaha

Laura Lucy é um exagero das emoções femininas. Tudo nela é exagerado... As fragilidades, as compulsões, as ansiedades... Eu quis mostrar um pouquinho dos anseios, medos, sonhos femininos em uma pessoa meio sem noção, mas com uma boa essência, que erra querendo acertar.

6. Qual foi o momento em que você soube que queria ser escritora?

Eu não sei exatamente. Mas acho que quando comecei a ler com mais frequência. 

7. Todo mundo está pedindo uma continuação do livro "Do Seu Lado", o que você tem a dizer para os leitores sobre uma possível continuação. Devemos nos animar?!!

Então... Nunca pensei em uma continuação para ele. Fiz sem pensar nisso. Acho que o livro cumpriu seu papel... Mas não vou descartar totalmente. Quem sabe no futuro, né?

8. A literatura Nacional vem crescendo de forma gigantesca, cada vez mais nos deparamos com obras que nos inspiram, nos motivam, nos fazem bolar de rir, nos fazem viajar e conhecer mundos novos, pessoas diferentes, amar e odiar, perdoar e seguir em frente. Acho que esse é um papel muito importante para um escritor, fazer com que os leitores sintam o livro. Quando você escreve qual a emoção que você espera despertar em um leitor?

Eu sempre espero que meus livros despertem leveza na vida das pessoas. Acho que nossas vidas, atualmente, já são tão estressantes, atribuladas, cheias de pressões, que precisamos de algo que nos traga alegria, leveza. Eu, pelo menos, nas minhas horas vagas, não quero ler nada que me deixe triste ou pesada. Minhas leituras são sempre leves.

9. Como foram os processos para lançar seus livros no mercado? Teve alguma dificuldade?

No primeiro livro foi mais difícil. Fiz naquela parceria com a Editora, onde você compra parte dos exemplares. O segundo só mandei para a Novo Conceito e já fui aceita de cara. Ainda bem!

10. Eu sei por que sou sua fã e estou ligada 24h no seu facebook, que você está escrevendo um livro novo. Se puder deixar aqui um quote inédito e me matar logo de vez, vou ficar muito feliz???!! :)

Estou escrevendo dois... A continuação de Laura Lucy e outro que ainda não tem nome. Lá vai um quote da sua querida Laurinha!


“Estalo a língua e rio de mim mesma. Que boba! Ela é só uma assistente. Visto uma camisola e apago a luz do quarto. Depois me cubro toda e tento dormir. Não consigo. O que está acontecendo? Começo a ver o Sr. Teobaldo mexendo, freneticamente, nos seus suspensórios e tremendo, e a Sra. Olívia abrindo um pacote de toalhas bordadas, onde está escrito: “Eu não deveria ter confiado em você”.”


Estou aqui arrepiada juntando todos os quotes que ela já me deu do meu tão esperando Laura Lucy 2 \o/ \o/ Gostaram??? Eu amei!!! Obrigada mas uma vez pelo carinho e apoio que vocês sempre nos dão!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...