{ Resenha} - Cinquenta tons de Cinza - E.L. James

Cinquenta tons de cinza

Começo essa resenha com uma música que todo mundo conhece e simplesmente acho a cara do meu Christian:









Autor: E.L. James
Gênero: Romance Erótico
Paginas: 455
Editora: Intrínseca
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos. Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso - os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família -, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos...

    Fonte

      Voltando ao que interessa preciso confessar que depois de ler tantas maldades contra meu Christian precisei vir aqui defender-lo com unhas e dentes. (hahaha)

        Não sei ao certo como foi que começou minha paixão por ele mais sei que foi algo avassalador. Eu sou fã de Crepúsculo e quando fiquei sabendo que o livro era inicialmente uma fanfic do livro eu simplesmente pirei e fui ler-lo de novo para encontrar alguma semelhança. 
       E o que encontrei?? Um Edward (Grey) mais sombrio, charmoso e super sexy, uma Bella (Anastásia) mais inteligente, bonita e super atrevida e algumas frases parecidas. 


       E o que isso me causou?? Pura nostalgia!!! Tudo que eu queria em Crepúsculo só que em outro livro \o/ bem melhorado. 
     
     Confesso que a leitura dele é super fácil e faltou um pouco mais de historia ou romance entre os personagens principais mais ficou claro para mim que os personagens eram bons, complexos, instigantes e que viriam mais coisas pela frente então o que fiz foi me entregar aquele momento e aquelas 455 páginas de puro prazer. J


       Para mim isso não é motivo de critica, pelo contrario é um GRANDE elogio a minha adorada autora E. L. James que fez do Edward um homem melhor.

       Sobre o livro devo dizer que amei a narrativa e como os personagens se desenvolvem na trama e claro dos diálogos e e-mail trocados. A história evolui de forma maravilhosa e os personagens são pessoas viciantes.

      Christian Grey é um jovem empresário que apesar da pouca idade é multimilionário, carrega com ele um grande mistério sobre seu passado o que no desenrolar da historia vai nos mostrando o porque da mania por controle e pela falta de relacionamentos na sua vida.

      Anastásia Steel é uma moça bonita, inocente, inteligente e estudante de Literatura.
Vai conhecer Christian Grey numa situação constrangedora e se ver absurdamente atraída por ele o que nos seus 21 anos nunca aconteceu. 





O livro só fala de sexo???


     Sim em boa parte. Mais o que realmente ele nos mostra é que sexo (amor) pode ser feito entre quatro paredes de diversas maneiras com alguém que a gente ame sem se tornar vulgar ou algo abominável, que podemos soltar a deusa interior que existe em cada um e aproveitar.







Nota: Esse baby me seduz  ;)
     
    Meus amores super recomendo esse delicioso livro, sem trocadilhos (hahaha) e espero que ele tenha sobre você o mesmo efeito que teve sobre mim.


Deixo para vocês os atores que foram escolhidos para dar vida a Christian Grey e Anastásia Steel nos Cinemas:



Charlie Hunnam


Dakota Johnson





Leiam também:

  • Cinquenta tons mais escuros
  • Cinquenta tons de liberdade

Deborah Aline França 


5 comentários:

  1. Deborah, infelizmente eu achei esse livro péssimo, um dos piores que já li. Os motivos são tantos que fica até difícil explicar, rs! A história não me convenceu... Mas que bom que você gostou, é muito ruim quando a gente cria expectativas e se decepciona!


    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isa, que pena que você não gostou do livro!:( Quando eu li Cinquenta Tons eu já sabia que ele era fraquinho comparado a grandes nomes, mais é um livro para entretenimento rs e ele com certeza fez seu trabalho comigo!!!

      Obrigada Flor por sempre aparecer por aqui.
      Abraços, Deborah

      Excluir
  2. Olha honestamente, comecei o livro mas não consegui terminar, abandonei.. mas como sempre digo gosto é gosto, se todos gostassemos do amarelo o que seria do azul, é uma frase clichê mas e verdadeira. A beleza da leitura, da música, da cultura em si é a diversidade, cada um curte uma coisa e conversamos sobre elas.
    Seguindo o blog!
    Abraços
    Melissa
    De Coisas por Aí

    ResponderExcluir
  3. Vi que declarou seu amor sem medo de ser julgada. Tem que ser assim mesmo!
    Eu também gosto de 50 tons e quem é que não ama o sr. Gray?
    Não gosto de Crepúsculo, mas já que você falou, até tem uma semelhança pequena entre eles.

    http://www.minhassimpressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Há tanto tempo eu quero ler esse livro...
    Esses dias eu descobri que minha tia leu a saga inteira... MINHA TIA!
    É, eu acho que preciso mesmo ler. HUSAHUSASAH
    Beijos!

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar no "Leitor Sagaz" em breve seu comentário será publicado.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...